quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Um dia por vez - 11/02/10 - Vermelho


Hoje acordei no vermelho, de corpo, alma e coração.

De corpo, porque estou no ciclo menstrual que perturba a mulher mensalmente, não só pelo incômodo que causa como também pela TPM que atordoa. Também de corpo porque hoje não conseguiria sair de casa senão tivesse vestida de vermelho: esmalte, blusa, sandália.

De alma porque sinto que essa cor me persegue, como uma aura que acompanha que resplandece o amor. Esse amor que sinto tão forte dentro de mim por tudo e por todos, o amor pelo qual eu escolhi viver, fazendo tudo com amor e por amor, tentar ser um ser que transmite esse sentimento tão sublime.

De coração porque é como diz a música da Fafá de Belém: “meu coração é vermelho... de vermelho vive o coração”. É a cor do sangue que faz o coração pulsar, que dá o tom perfeito para uma vida mais intensa, forte, em busca da tal felicidade. Talvez seja por isso que gosto tanto do vermelho.

Vermelho é a cor da paixão e do meu sentimento, pois sou uma alma que vaga apaixonada pela vida, pelas coisas que me rodeiam e até pelo desconhecido, sentindo o que há de mais belo, mais intenso e mais inspirador, fazendo o coração bater bem mais forte e muito mais verdadeiro.

Essa cor dá o tom ideal das altas emoções, da graça do sorriso, dos momentos de bobeira assumidos, da força da intensidade, da guerra que muitas vezes precisamos travar (muitas vezes conosco mesmo), do “pra sempre” (mesmo que sempre não seja todo dia, como diz Oswaldo Montenegro)... enfim, é a cor do sentido da vida.

O amor também é simbolizado pelo vermelho porque é fogo que arde sem se ver, é o poder da transformação, é a impulsividade do instinto, é a força que move o mundo. É quente, é avassalador. Acho até que a loucura também deve ser vermelha, porque amor só é amor se não houver o menor nexo.

Acho que Deus quando criou o mundo colocou todas as cores em perfeita harmonia e perfeição. Penso também que o homem, desprovido da inteligência emocional, distorceu as cores e simbolizou o Diabo com o vermelho. Porém, se Deus é Amor, Deus não tem como ser de outra cor, que não o vermelho.

4 comentários:

  1. Então tomara amiga que vc use vermelho o resto do ano, porque nada melhor do que esse sentimento tomando conta da gente e de tudo que nos rodeia!! Um viva pro Amor!!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. TAÍZA, VOCÊ ESTAVA LINDA DE VERMELHO ONTEM, QUE SANDÁLIA CHIQUE!!! NÃO SÓ PELO VERMELHO MAS TE ACHEI TÃO LINDA E ATÉ JÁ TINHA LHE FALADO ISSO MAS REFORÇO AQUI. OBRIGADA AMIGA PELO LANCHE E PELA CONVERSA AMIGA, CONTE SEMPRE COMIGO AH E CONTINUE USANDO VERMELHO, UM BEIJO!!!

    ResponderExcluir
  3. Alguém,depois de todos os outros comentários positivos sôbre o vermelho,tinha que falar diferente.Não se esqueçam que o sinal de pare é vermelho.Quando alguém está de vermelho pode significar que esteja parando para mudar de rumo,pode ser também que esteja avisando alguém para parar e olhá_la,pode ser que esteja dizendo para que o outro se mantenha parado do outro lado da rua,pode ser...pode ser...pode ser...

    ResponderExcluir