quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Celebrações


Meus dias têm sido de celebração... 
Celebro a ação de me pôr em movimento ao encontro daquilo que almejo.
Celebro a ação de me causar bem-estar estando com as pessoas que me amam e em lugares que amo.
Celebro a ação de ser grata por ter todas as minhas faculdades perfeitas e um bocado de loucura para ousar nas mudanças que preciso e crescer por dentro. 
Celebro, diariamente, a ação de ter criatividade, de criar atividades que me tirem da estagnação espiritual, emocional, pessoal. 
Celebro a ação de renovar meus valores para que eles sejam justos. 
Celebro a ação de não ocupar meu coração com desesperança e preconceitos ou coisas que aprisionem minha alma na limitAÇÃO. 
Celebro a ação de me importar primeiro com as pessoas, depois com as coisas. 
Celebro a ação de ser profunda nos meus devaneios, celebro a ação de ser superficial em alguns desejos e poder me permitir ou rir deles. 
Celebro a ação de mudar de ideia, de certeza, de narrativa, de estado de espírito, de aparência, de preferências, de vida!
CelebrAÇÃO não é lamentAÇÃO, por isso, celebro!

(Texto de Marla de Queiroz)

Um comentário:

  1. Somente agindo mesmo para se sair da letargia e poder comemorar...Sempre!!!

    ResponderExcluir