quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Só pra esclarecer...


Meus queridos amigos, seguidores do blog ou não, mas que me lêem agora...

Quero, nesta publicação, fazer alguns esclarecimentos. Vocês já devem ter notado a pouca frequência dos textos escritos por mim neste espaço, mas é por pura falta de tempo de escrever. Pra confessar, tenho escrito em qualquer pedaço de papel, a qualquer tempo, em qualquer lugar. Mas nunca consigo passar a limpo e quando leio... acho idiota, bobo, brega, sem noção... e acabo desistindo de publicar.

Assuntos não têm faltado e vou dividir com vocês um pouco dos "porquês" da minha ausência aqui. Como disse no meu último texto, estou numa nova fase. Não vou negar que tem sido um turbilhão de coisas, mas são coisas novas, promissoras e estou adorando demais tudo isso.

Meu nome é Atividade e sobrenome Movimento. Então, estou no céu com a bunda de fora. E, pasmem, totalmente organizada com tudo. Estou conseguindo conciliar família, trabalhos (o que estou saindo ainda e o que estou entrando), faculdade e amigos. Delícia de vida!!!

Tanta coisa nova, tanta gente boa chegando, tantos assuntos novos surgindo, tantos aprendizados e, em consequência deles, também os questionamentos. Então, se eu começar a escrever coisas sem nexo, sinal que tudo está caminhando como o esperado. Risos. É que entrei agora na área que sou mais apaixonada, por toda a minha vida: o comportamento humano. Portanto, se eu começar a escrever coisas da área de Psicologia, mesmo que não estejam corretas, apenas os meus "achismos", vão perdoando. Afinal, meu professor que tem graduação, pós graduação, mestrado, doutorado e um poço de orgulho de tudo isso disse que internet é lugar onde "nada é sério". Se não é sério, eu vou escrever umas potocas por aqui também, né? Por que não?

Ah! E tem mais! Além desse blog também estou alimentando outro que criei em parceria com um amigo de longa data. Na verdade, ele criou a história e eu escrevo. Entra lá! http://dinaves.blogspot.com e chama-se Cavalo de Ferro. É sobre uma viagem de moto que um amigo de infância está fazendo pelo mundo pela segunda vez. Ele quer que eu escreva o livro dele. Pensa?! Taiza Renata, a escritora.

Porém, apesar de todo o contexto desse momento da minha vida, quero dizer que vou continuar deixando textos bons, de outros autores, que tudo tem a ver com o meu modo de pensar, para que continuem sentindo um pouco de mim nessas palavras, mesmo não sendo eu, propriamente dita.

Portanto se, algum dia, eu não conseguir ter tempo de dar um clique e blogar algo novo, me desculpem. Não será porque eu não quis, mas porque não consegui mesmo. Serão acúmulos de fatos, desenrolados em um curtíssimo espaço de tempo de uma pessoa que não se cansa de arrumar coisas pra fazer. E pior!!! Tem a audácia de fazer bem feito, modéstia à parte.

Então, meus queridos, amores da minha vida, pequenas partes de mim, é isso por hoje. Um beijo bem grandão no seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário