quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Ninguém é...


Ninguém é tão pequeno 
Que não tenha nada para dar


E nem tão poderoso 
Que não tenha nada a receber 

Ninguém é tão fraco 
Que nunca tenha vencido 

Ninguém é tão forte 
Que nunca tenha chorado 

Ninguém é tão alto suficiente 
Para nunca ser ajudado 

Ninguém é tão inválido 
Que nunca tenha contribuído 

Ninguém é tão sábio
Que nunca tenha errado 

Ninguém é tão corajoso 
Que nunca teve medo 

Ninguém é tão medroso 
Que nunca teve coragem 

Ninguém é tão alguém 
Que nunca precisou de ninguém!


(Desconheço autoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário