sexta-feira, 22 de julho de 2011

Viver despenteada


Hoje aprendi que é preciso deixar que a Vida te despenteie. Por isso decidi aproveitar a Vida com mais intensidade.

O mundo é louco, definitivamente louco…

O que é gostoso, engorda. 

O que é lindo, custa caro.

O sol que ilumina o teu rosto enruga.

E o que é realmente bom dessa vida é o que Despenteia.

Fazer amor, despenteia.

Rir às gargalhadas, despenteia.

Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.

Tirar a roupa, despenteia.

Beijar à pessoa amada, despenteia.

Brincar, despenteia.

Cantar até ficar sem ar, despenteia.

Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa seu Cabelo irreconhecível…

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado.

Mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.

É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.

Pode ser que me sinta tentada a ser uma Mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora.

O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:

Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria…

E talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz?

Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita? A pessoa mais bonita que posso ser!

O único que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.

Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:

Entregue-se, coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável.

Admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!

O pior que pode passar é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...


(Desconheço a autoria)

Nenhum comentário:

Postar um comentário