quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Doenças


Muitas doenças que as pessoas têm são poemas presos.
Abscessos, tumores, nódulos, pedras...
São palavras calcificadas,
Poemas sem vazão.
Mesmo cravos pretos, espinhas, cabelo encravado,
Prisão de ventre poderia um dia ter sido poema.
Pessoas às vezes adoecem de gostar de palavra presa.
Palavra boa é palavra líquida,
Escorrendo em estado de lágrima.
Lágrima é dor derretida,
Dor endurecida é tumor.
Lágrima é alegria derretida,
Alegria endurecida é tumor.
Lágrima é raiva derretida,
Raiva endurecida é tumor.
Lágrima é pessoa derretida,
Pessoa endurecida é tumor.
Tempo endurecido é tumor,
tempo derretido é poema.
Palavra suor é melhor do que palavra cravo,
Que é melhor do que palavra catarro,
Que é melhor do que palavra bílis,
Que é melhor do que palavra ferida,
Que é melhor do que palavra nódulo,
Que nem chega perto da palavra tumores internos.
Palavra lágrima é melhor.
Palavra é melhor.
É melhor poema.

(Poema de Viviane Mosé)

Nenhum comentário:

Postar um comentário